Doenças Alérgicas

0

Luzimar Teixeira e Clóvis Sousa

Doenças alérgicas representam um problema de saúde pública, atingindo mais de 20% da população. As manifestações alérgicas geralmente se iniciam na infância, embora possam surgir em qualquer idade. Estão associadas a uma constituição alérgica, decorrente de fatores hereditários, ambientais e de saúde de cada indivíduo. O fator hereditário é considerado um dos mais importantes, pois dados da literatura demonstram que o risco é maior se existir alergia em membros da família.

Probabilidade de desenvolvimento de alergia em pacientes com parentes com antecedentes alérgicos

Nenhum membro da família com alergia

5 a 15 %

Irmão alérgico

25 a 35%

Pai ou mãe alérgico

20 a 40 %

Pai e mãe alérgicos

40 a 60 %

Pais alérgicos apresentando os mesmos sintomas

50 a 70%

Alguns indivíduos, quando expostos a determinados antígenos, acabam produzindo anticorpos da classe IgE, que se ligam a receptores específicos na superfície de mastócitos e basófilos. Quando expostos aos mesmos antígenos, ocorre uma rápida liberação na superfície de mediadores intracelulares que causam aumento de permeabilidade vascular, vasodilatação, contração de musculatura lisa visceral e dos brônquios e inflamação local. Essa reação é denominada hipersensibilidade imediata. Indivíduos propensos a desenvolver reações de hipersensibilidade imediata são chamados de atópicos ou alérgicos, podendo manifestar diferentes sintomas clínicos, entre eles rinites, conjuntivites, asma, eczema, urticária, cólicas abdominais ou diarréia e, em raros casos, o choque anafilático.

Categories: Asma e Alergias

Leave A Reply


*