Inglês para Mestrado e Doutorado – Usos do ING

0

Leia o texto abaixo:

 

 

“Since the first reported use of ‘‘adrenal substance’’ for acute asthma in 1900, adrenergic receptor agonists have long been the agents of choice for relieving acute symptoms of asthma. Considerable pharmacologic research has subsequently gone into the development of variations of these receptor agonists, resulting in agents with more specific targeting of the b2-adrenergic receptor and much longer duration of action.” (Trecho extraído de “Long-acting b-agonists and exercise” de Miles Weinberger, MD)

 

Escolhi esse trecho no intuito de discutir aqui a utilização do ing nos verbos em inglês. Nesse excerto temos três diferentes usos que são frequentemente confundidos, sendo feita aqui uma breve explanação que será incrementada conforme dúvidas surgirem.

Começo pela palavra resulting, que faz uso do ing na sua forma mais conhecida, a do gerúndio, ou seja, quando se trata de algo que está acontecendo no momento referido,ou, para me utilizar de um conhecido ‘macete’ de estudantes de inglês: verbos terminados em ing geralmente são traduzidos por verbos em português terminados em –ando, -endo, -indo, no caso ‘resultando’. Tal macete, no entanto, pode levar a erros ao lidar com textos mais complexos. 

Na segunda linha do texto o termo relieving é traduzido não como gerúndio no português, mas sim como infinitivo, pois se refere ao agir em si, ao ato de “aliviar sintomas agudos da asma.” Esse uso do ing é típico quando é antecedido de uma preposição, no caso for, indicando propósito, objetivo.

No terceiro uso do texto targeting se trata de um verbo sendo utilizado como substantivo, aqui se fala do ato em si, que nesse caso se traduz livremente por ‘objetivação’ ou ‘escolha de alvos’. Esse sentido do uso do ing fica mais claro quando se observa que um adjetivo (specific nesse caso) antecede a palavra.

Essa explicação não pretende esgotar o assunto nem mesmo explicar profundamente o uso do ing, mas apenas dar algumas dicas e incitar os interessados a enviarem dúvidas através dos comentários.

PS: Aceito sugestões de trechos de textos presentes aqui no blog que estejam causando dificuldades.

 

 

 

 

 

 

 

Categories: Qualidade de Vida

Leave A Reply


*