Tratamento da DPOC

0

Clóvis Sousa

Segundo o GOLD (2006) as metas de tratamento da DPOC incluem:

– Prevenir a progressão da doença

– Aliviar os sintomas

Aumentar a tolerância aos exercícios

– Melhorar a condição da saúde

– Prevenir e tratar as complicações

– Prevenir e tratar as exacerbações

– Reduzir a mortalidade

– Prevenir ou minimizar os efeitos colaterais como uma meta ao logo do programa de tratamento

– A cessação do tabagismo deve ser incluída como uma meta ao longo do programa de tratamento.

Essas metas podem ser alcançadas através de um programa de conduta na DPOC composta por quatro componentes:

1. Avaliação e monitorização da doença

2. Redução dos fatores de risco

3. Conduta na DPOC estável

4. Conduta nas exacerbações

Naturalmente a primeira coisa a fazer é parar de fumar. Nas pessoas com muita dificuldade para abandonar o fumo, podem ser utilizadas medicações que diminuem os sintomas causados pela abstinência deste. Os broncodilatadores são medicamentos muito importantes no tratamento. Podem ser utilizados de várias formas: através de nebulizadores, nebulímetros (sprays ou “bombinhas”), turbohaler ( um tipo de “bombinha” que se inala um pó seco ), rotadisks (uma “bombinha” com formato de disco que se inala um pó seco), comprimidos, xaropes ou cápsulas de inalar. Os médicos costumam indicar estes medicamentos através de nebulímetros, turbohaler, cápsulas inalatórias ou nebulizadores, por terem efeito mais rápido e eficaz, além de contabilizarem menos efeitos colaterais. Contudo, os medicamentos corticosteróides também podem ser úteis no tratamento de alguns pacientes com DPOC.

O uso de oxigênio domiciliar também poderá ser necessário no tratamento da pessoa com DPOC, melhorando a qualidade e prolongando a vida do doente. Além disso, a reabilitação pulmonar através de orientações e exercícios também poderá ser indicada com o intuito de diminuir os sintomas da doença, a incapacidade e as limitações do indivíduo, tornando suas atividades da vida diária mais fáceis.

Deve-se lembrar a importância da vacinação contra a gripe (anual) e pneumonia, que, geralmente, é feita uma única vez.

Nos próximos posts iremos falar de cada um dos componentes acima. O exercício físico adaptado será discutido dentro do componente “Conduta da DPOC estável” – aqui o profissional de educação física tem um papel importante.

Categories: DPOC

Leave A Reply


*